Chegou a hora da compra do material escolar? dicas para uma compra com qualidade sem extrapolar o orçamento da família.

Após as festas da virada do ano é que muitos pais e responsáveis, começam a pensar na aquisição do material escolar. E infelizmente assim como aconteceram outros reajustes que assombraram e ainda assombram o bolso do consumidor, com o material escolar não foi diferente. Segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes e Importadores de Artigos Escolares (ABFIAE), O material escolar teve aumento de 10% e aponta como sendo um dos fatores para esse índice, a alta do dólar e valor dos insumos, além da alta carga tributária que incide sobre os produtos de papelaria. Mesmo artigos produzidos no país como caneta, borracha e massa escolar podem aumentar ainda mais neste ano, cerca de 11%. Os importados tem previsão de aumento entre 25 e 35%.

Bom, e os aumentos não param por aí, tem aumento também nos uniformes e mensalidades escolares.

Para aliviar um pouquinho, aqui vão algumas dicas:

  • Antes de sair comprando, primeiro reúna a família para conversar sobre o orçamento – priorizando os sonhos da família, as metas. O que será a maior justificativa de fazer economias e ajustes nas aquisições, em todas as áreas;

  • Solicite aos filhos para fazerem um levantamento de quais materiais ainda sobraram do ano anterior, que podem ser reaproveitados, como: canetas marca-textos; lápis de cor; fichários; mochilas; porta-lápis; etc. alguns materiais são possíveis de darem uma “cara nova”, como os fichários. Pode colocar um novo adesivo, por exemplo.

  • Converse com os outros pais e gestores da Escola do seu filho, se tem livros que podem ser reaproveitados, e sugiram promover uma feira de livros usados. Aqui pode entrar também até uniforme, para aqueles que vão mudar de escola, vendem mais em conta e ajuda na aquisição do novo;

  • Faça uma pesquisa na internet e lojas físicas em pelo menos 03 (três papelarias) em localidades diferentes. O ideal é 5 (cinco) orçamentos. Você encontrará preços com diferença até de 400% no mesmo item. Neste momento é importante observar que artigos fabricados com imagens de personagens famosos, times de futebol ou celebridades é alternativa para aumentar as vendas e você vai pagar bem mais caro por isso. Um caderno da “mesma marca”, com o mesmo número de folhas, um com a capa de personagens famosos e outro simples, chega a uma diferença de até 300%. O mesmo ocorre nos lápis de cor, da mesma fábrica, um estampado a marca e outro não, o mesmo tanto de lápis, com uma diferença de mais de 100%. O mesmo ocorre nas mochilas temáticas, com personagens famosos, com diferença de uma sem “uso de licença de personagens”, com diferença de 200 a 300%. Aqui fica a pergunta: você precisa do caderno ou do benefício do caderno? Da mochila ou do benefício da mesma?

  • Uma sugestão para por exemplo ficar um caderno mais bonito, é colocar uma adesivo de acordo com a identidade da criança ou adolescente;

  • Juntar-se a outros pais para fazer uma compra coletiva, fazendo uma negociação conjunta. Este é o conceito do atacado ou atacarejos;

  • Para levar a criança ou o adolescente com você nas compras, primeiro converse bastante em casa, priorizando o que realmente é importante que seja adquirido, os benefícios das aquisições;

  • Pechinche – Se você já diagnosticou qual sua situacão – já orçou estes produtos – agora é hora de comprar com qualidade – então se possível com o dinheiro na mão para maior poder de compra. OPTE POR PAGAR À VISTA E peça mesmo o desconto. Se nos orçamentos que fez viu que as lojas são distantes e que poucos itens estão com preço significativamente diferentes. Vá até a loja e negocie. Mostre que os outros itens deles não está compensando. Quem sabe ao ver que voce está orçando, eles preferem negociar;

  • Ainda não está precisando da mochila? A que você tem ainda dá para aguentar uns 6 (seis) meses? Então de repente é melhor esperar as promoções, que provavelmente ocorrerão após esta data de pico;



Deixe uma resposta

Demos

Layout

Wide
Boxed